Portas Abertas-1

A pesquisa realizada para a produção da Lista Mundial da Perseguição é aplicada de novembro de 2015 a outubro de 2016. Assim, todos os dados relatados nesse conteúdo, bem como tendências e projeções são baseados neste período.

Para a Portas Abertas, a perseguição aos cristãos consiste em qualquer oposição vivenciada como resultado da identificação de uma pessoa com Cristo, incluindo palavras e atitudes hostis, dirigidas contra elas unicamente por causa de sua fé em Jesus.

Perseguição x Liberdade religiosa
A perseguição aos cristãos ocorre quando:
– são negados os direitos à liberdade religiosa;
– a conversão ao cristianismo é proibida por conta de ameaças vindas do governo ou de outros grupos da sociedade;
– são forçados a deixar suas casas ou empregos temerosos da violência que pode lhes sobrevir;
– são agredidos fisicamente ou mortos por causa de sua fé;
– são presos, interrogados e, muitas vezes, torturados por se recusarem a negar Jesus.

Cristão perseguido
De acordo com o Pew Research Center, quase 75% da população mundial vive em áreas com graves restrições religiosas. Para a Portas Abertas, a perseguição aos cristãos consiste em?qualquer oposição vivenciada como resultado da identificação de uma pessoa com Cristo, incluindo palavras e atitudes hostis, dirigidas contra elas unicamente por causa de sua fé em Jesus. Hoje em dia são aproximadamente 215 milhões de cristãos perseguidos nos 50 países que compõem a Lista Mundial.
Como o cristão é perseguido?
A Lista Mundial da Perseguição mede a liberdade que um cristão tem para praticar sua fé nas?cinco esferas de sua vida: na individualidade, na família, na comunidade, na nação e na igreja.

1. INDIVIDUALIDADE
A pessoa não é livre para escolher qual religião quer seguir, orar a Deus dentro de casa ou num lugar público, ter a Bíblia e outros livros cristãos para uso pessoal, etc.

2. FAMÍLIA
A perseguição vem por meio de pais, irmãos, tios, avós, primos e outros. O convertido é coibido de praticar sua fé em casa e enfrenta problemas em assuntos civis como casamento, enterro de familiares, herança e outros.

3. SOCIEDADE
O cristão sofre pressão por meio de atitudes preconceituosas, leis, casamento forçado, dificuldade de acessar recursos, pressão para renunciar a fé, discriminação no trabalho, intimações à delegacia, etc.

4. NAÇÃO
O cristão enfrenta oposição, pois não há leis que garantam liberdade de culto e prática da fé. É considerado crime a prática da evangelização e, em casos mais extremos, a conversão. Enfrenta problemas para tirar o passaporte, realizar reuniões dos cristãos, entre outros.

5. IGREJA
Quando há perseguição para realizar atividades comunitárias, como culto, reunião de oração, batismo, aula bíblica, entre outros. A opressão pode vir de diversos lados: dos vizinhos, do governo, da polícia. Também quando a comunidade cristã não tem acesso às Escrituras e a outros materiais religiosos.

Veja o perfil de cada país:

Perfil de países

1. Coreia do Norte

2. Somália

3. Afeganistão

4. Paquistã

5. Sudão

6. Síria

7. Iraque

8. Irã

9. Iêmen

10. Eritreia

11. Líbia

12. Nigéria

13. Maldivas

14. Arábia Saudita

15. Índia

16. Uzbequistão

17. Vietnã

18. Quênia

19. Turcomenistã

20. Catar

21. Egito

22. Etiópia

23. Territórios Palestinos

24. Laos

25. Brunei

26. Bangladesh

27. Jordânia

28. Mianmar

29. Tunísia

30. Butão

31. Malásia

32. Mali

33. Tanzânia

34. República Centro-Africana

35. Tajiquistão

36. Argélia

37. Turquia

38. Kuwait

39. China

40. Djibuti

41. México

42. Comores

43. Cazaquistão

44. Emirados Árabes Unidos

45. Sri Lanka

46. Indonésia

47. Mauritânia

48. Bahrein

49. Omã

50. Colômbia

Veja o mapa aqui

Assista o vídeo aqui