peter-wagner

Peter Wagner, pioneiro do movimento apostólico moderno, partiu para estar com o Senhor. Ele tinha 86 anos ao falecer na sexta-feira.

Wagner era reconhecido como uma autoridade proeminente nos campos de crescimento de igreja e batalha espiritual. Ele foi o co-fundador do Centro Mundial de Oração e era chanceler do Instituto Wagner em Springs, Colorado. Ele era formado em teologia, missiologia e religião no Seminário Teológico Fuller, Seminário Teológico Princeton e Universidade do Sul da Califórnia.

Wagner trabalhou como missionário de campo na Bolívia por 16 anos e ensinou na faculdade da Escola de Estudos Interculturais do Seminário Fuller por 30 anos. Ele ministrava nos EUA e internacionalmente a partir de sua base no Colorado. Ele escreveu 70 livros, inclusive “Prayer Shield” (Escudo de Oração), “Territorial Spirits” (Espíritos Territoriais) e “Apostles and Prophets” (Apóstolos e Profetas).

Ele foi autor de uma autobiografia intitulada “Wrestling with Alligators, Prophets and Theologians: Lessons from a Lifetime in the Church — A Memoir” (Lutando com Crocodilos, Profetas e Teólogos: Lições de uma Vida Inteira na Igreja — Memória), que me foi enviada autografada gentilmente por ele anos atrás.

Wagner ficou famoso como líder dos teólogos conservadores que se opuseram aos teólogos esquerdistas no primeiro Congresso Lausanne de Evangelização Mundial em 1974. Ele combateu a TMI não só em Lausanne, mas também em  congressos  América Latina, muito antes de Lausanne.

Com informações da revista Charisma.

Fonte: Julio Severo