logo rede

Expressamos abaixo a opinião oficial da Rede Apostólica da Aliança, cujo texto foi elaborado em nosso Congresso anual realizado de 31/10 a 2/11 em Campinas, SP.

Tendo em vista as mais variadas opiniões que tem sido publicadas por lideres evangélicos, a respeito do resultado das eleições, e percebendo a falta de unanimidade nestas opiniões, e que na verdade tem gerado uma grande instabilidade no meio do povo de Deus, e porque não dizer, gerando medos, incertezas , dúvidas, descrenças, no fundo fazendo mais mal do que bem, entendemos de reunir os apóstolos da Rede da Aliança, para buscar o Senhor, com jejuns, orações, louvores e adoração, e receber do Espirito Santo a direção especifica para as igrejas da nossa Rede e para o nosso povo.

Esclarecemos que em nenhum momento no primeiro turno das eleições profetizamos que Marina seria eleita, pelo contrário, entendemos que dentre os candidatos, ela seria a que mais estaria de acordo com os desejos e ansiedades do nosso povo, por ser uma mulher de Deus e ter um plano de governo que atenderia essas necessidades. Por isso, fizemos a nossa parte, não só orando para que Deus intervisse nas eleições, que não houvesse falcatruas, mas divulgamos o nome da Marina, trabalhamos por ela, até o ultimo minuto antes das eleições, como uma opção diante dos outros nomes que estavam disputando a mesma eleição.

Entendemos, que independente de termos conhecimento, do erro das estatísticas, e das que foram manipuladas, das tentativas de falcatruas do sistema que gerenciou as urnas, e tantas outras coisas, Deus permitiu que assim fosse, por isso descansamos na Vontade soberana de Deus, sabendo que segundo a sua Palavra, Ele só tem pensamentos bons a respeito dos seus filhos.

Nos arrependemos e pedimos perdão, se em algum momento criticamos o governo sem o respeito devido às autoridades, lembrando o que Paulo escreveu a Timóteo (I Timóteo 2)

” Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador”

e que Jesus disse a Pilatos em João 19

“Pilatos, ouvindo tal declaração, ainda mais atemorizado ficou, e, tornando a entrar no pretório, perguntou a Jesus: Donde és tu? Mas Jesus não lhe deu resposta. Então, Pilatos o advertiu: Não me respondes? Não sabes que tenho autoridade para te soltar e autoridade para te crucificar? Respondeu Jesus: Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fosse dada; por isso, quem me entregou a ti maior pecado tem.

Isto não impede que sejamos usados como profetas, como Elias confrontando os pecados do Rei Acabe, ou o próprio Jesus confrontando o pecado de Herodes. Por isso continuaremos denunciando o pecado de corrupção, de mau uso do poder, e continuaremos a declarar que não aceitamos o comunismo, nem a corrupção, nem leis que venham contrariar os princípios da Palavra de Deus, como homossexualismo, pedofilia, casamento de pessoas do mesmo sexo, etc.

Cremos em Atos Proféticos, pois temos visto resultados reais e verdadeiros, como o ato profético do Ativa Brasil, no final de 2012, e o primeiro resultado, no carnaval de 2013 onde mais de 1000 cidades não tiveram as festas de carnaval, inclusive muitos prefeitos suspenderam as verbas para o carnaval, aleluia!

Cremos também nas palavras proféticas, que tem sido liberadas sobre o Brasil, desde 1977 ( do que conhecemos), e nestes mais de 34 anos, centenas de profetas e homens de Deus de diversas nações que vem a esta Pátria, tem trazido as mesmas palavras proféticas de bênçãos sobre esta Nação.

Por isso não olhamos as circunstâncias, mas esperamos com fé e perseverança nestas promessas, pois a qualquer momento a Pedra de Davi matará o gigante Golias.

Nos baseamos na Palavra de Deus, e no Salmo 125 encontramos uma grande promessa “ que os maus não governarão para sempre a terra do povo se Deus”

Assim temos a seguinte direção:

  • Continuaremos a trabalhar com todas as nossas forças para implantar o Reino de Deus, através de todos os ministérios, ferramentas e direções recebidas de Deus, para cumprir o chamado que Ele nos deu.
  • Intensificaremos nossas orações e jejuns pela nação brasileira para que Jesus seja entronizado totalmente em todas as áreas de nossa nação.
  • Continuaremos a realizar Atos Proféticos que possam abalar os céus e destruir as forças do inferno, não de nossas próprias vontades, mas aqueles que o próprio Espírito orientar.
  • Seremos pacificadores do povo, mas que toda ira, ou insatisfação, indignação seja direcionada contra o reino das trevas, pois a nossa luta não é contra carne e sangue.
  • É tempo do juízo de Deus, e começa pela casa de Deus, por isso é prioridade arrumar a casa (família, finanças, ministério) para estar em santidade, e ser protegido no meio deste juízo.
  • É tempo da Igreja exercer autoridade maior, a fim de profetizar, e determinar mudanças no mundo espiritual e físico. Cada um de nós somos uma boca profética.

Profetizamos um tempo novo de benção, de frutificação, de abundância e de conquista na sua vida, sua família e seu ministério.

João 17: 20 “Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra; a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste”.

Jesher e Cleyde (apóstolos)

Apóstolos que participaram da reunião:

Mauri e Marcia Trevisan – Barretos -SP
Rubem e Wilma Cavalcante – Vitória da Conquista -BA
Samuel e Neila Cardoso – Aquidauna -MS
Nailton e Ines Silva – São Paulo
Luiz Carlos e Debora Gomes – Itu -SP
Luiz Carlos e Estela Olivetti – São Paulo
Luiz e Marcia Scultori – Niterói -RJ
Josué Pereira Santos – Taboão da Serra –SP

Pastores Presentes no Congresso:

95 casais, dos estados de São Paulo, Rio, Minas, Bahia, Paraná, Brasilia, Mato Grosso do Sul e Ceará , representando 150 igrejas.