Nayara Gonçalves, de 20 anos, virou heroína em Broward (Flórida, EUA). Com uma arma apontada contra ela, a brasileira convenceu um ladrão a desistir de assaltar a loja de telefones celulares da qual é gerente, afirmando que “Jesus não aprovaria” o que ele estava fazendo.

A corajosa gerente passou cinco minutos convencendo o homem a desistir do crime. O bandido, que se disse um cristão, afirmou que só estava fazendo aquilo porque precisava de 300 dólares (526 reais) para que não fosse despejado do local onde mora.

“Eu só vou falar com você sobre Jesus”, disse Nayara ao homem armado, acrescentando que tudo o que ele levasse seria descontado do salário dela.

E ela conseguiu. O sujeito desistiu do assalto, pediu desculpas e saiu da loja sem levar nada. Antes revelou: a arma era de brinquedo.

“Ele não tinha aparência tão ruim, não parecia uma criminoso. Isto me deixou mais confiante para conversar. Aquilo me tocou. Eu nunca pensei que poderia conversar ou pregar para alguém com uma arma”, comentou Nayara à imprensa de Miami.

Com 14 anos na delegacia de Broward, Veda Coleman-Wright comentou que nunca vira nada parecido. Ela ficou supresa com a calma exbida por Nayara em uma situação de grande tensão. Mas a tentação bateu mais forte e o assaltante partiu para novo assalto – desta vez acabou preso.

Assista à “negociação” aqui

Fonte: O Globo