A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) prepara-se para alcançar a impressão e encadernação da Bíblia de número 100 milhões. A expectativa é que este marco aconteça no próximo dia 26 de maio, acompanhado pela Diretoria e por alguns colaboradores da organização, em uma cerimônia interna, na Encadernadora da Bíblia. O expressivo número é contabilizado desde setembro de 1995, quando a Gráfica da Bíblia, instalada na Sede Nacional da SBB, em Barueri (SP), foi inaugurada.

“Não podemos deixar de registrar esse momento histórico”, celebra o diretor executivo da SBB, Rudi Zimmer, destacando que nunca a Palavra de Deus esteve tão em evidência no País.

A Bíblia símbolo dessa marca mundialmente inédita será justamente uma edição comemorativa, alusiva a essa conquista. A publicação é composta por duas traduções: a Tradução Brasileira, uma tradução histórica, de 1917, a primeira a ser feita totalmente no Brasil, e a Nova Tradução na Linguagem de Hoje, tradução pioneira, lançada no ano 2000, responsável por trazer o conteúdo bíblico em uma linguagem mais simples e fácil de ser compreendida pela população brasileira.

Para comemorar o feito de 100 milhões de Bíblias produzidas, a SBB está programando um grande culto de ação de graças, a ser realizado em 10 de junho, no Ginásio Poliesportivo José Corrêa, no centro de Barueri (SP), a partir das 18h30. Nesta data, também será festejado o 63º aniversário da entidade.

Na programação da grande celebração estão previstos momentos emocionantes, entre os quais depoimentos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas pela Palavra de Deus e o agradecimento a Deus de representantes de cerca de 100 países pelas edições das Escrituras impressas em mais de 2,5 mil idiomas.

Todos os participantes, que se inscreverem antecipadamente através do site www.100milhoesdebiblias.org.br, podem participar do concurso cultural que premiará com 50 exemplares de uma edição da Bíblia comemorativa e 10 kits contendo uma seleção de obras bíblicas voltadas para o estudo.

A Gráfica da Bíblia
Criada para servir as igrejas cristãs no Brasil e no mundo, a Gráfica da Bíblia tem excelência reconhecida além das fronteiras nacionais, permitindo que a SBB exporte para mais de 100 países das Américas, África, Ásia e Europa. De suas instalações saem exemplares em português, espanhol, inglês, francês, árabe e até em ioruba, idioma falado em países africanos. Do total de Bíblias e Novos Testamentos produzidos, 20% foram destinados à exportação.

Produzindo um exemplar da Bíblia a cada três segundos, anualmente, a Gráfica da Bíblia responde por uma produção média de 8,5 milhões de Bíblias. Por mês, são utilizadas 800 bobinas de papel que, se desenroladas, equivalem a 24 mil quilômetros. O papel consumido em um ano seria suficiente para dar 7,2 voltas na Terra.

Fonte: SBB

Indicar notícia por e-mail Imprimir notícia