Alguma vez você já quis voltar três mil anos nas páginas da Bíblia? Agora, os visitantes de um novo sítio arqueológico em Jerusalém pode fazer exatamente isso.

Pela primeira vez na história moderna, este site antigo foi aberto ao público. Phish Jacob, da Autoridade de Antiguidades de Israel disse: “A partir de hoje as pessoas vão percorrer as ruínas do primeiro templo, tocar as pedras, apreciar e estudar esse período da arqueologia de Jerusalém.”

Três mil anos atrás, pedreiros construíram essas paredes para proteger a cidade de Jerusalem. Evidências arqueológicas indicam que a pessoa que ordenou e supervisionou a construção foi o Rei Salomão.

Descobrindo a parede de Salomão

O arqueólogo, Eilat Mazar, descobriu o local logo abaixo do Monte do Templo. Restaurou e contou sua história no livro “Descobrindo o muro de Salomão, em Jerusalém.”

“A realidade é que uma fortificação altamente qualificada e sofisticada foi construída pelo rei Salomão. E esta é apenas uma parte dela e ela é incrível. Você pode ver estas enormes rochas. ”

Mazar acredita que a Bíblia menciona essa área no primeiro livro dos Reis. Ele diz, “… Até que ele (o rei Salomão) terminou de construir sua própria casa, a casa do Senhor e os muros de Jerusalém em redor. ”

“Muitose  pode ver e tocar, e podemos encontrar um monte de coisas que realmente vão diretamente às fontes bíblicas.”

Outros exemplos incluem um piso de concreto que Mazar acredita que era parte de um edifício real destruído em 586 aC quando os babilônios conquistaram Jerusalém. A escavação também expôs uma estrutura chamada “A casa da Porta” que teria bem mais de três mil anos.

O prefeito de Jerusalém, Nir Barkat, vê o sitio não apenas como um pedaço grande da história, mas como uma outra forma de mostrar a magia da cidade velha: “Um dos melhores investimentos no nosso futuro é expor nosso passado. Permitir que as pessoas venham e vejam o que é real. Visitamos e voltamos para casa como embaixadores da paz. Isto mostra que a Bíblia é real. Isso mostra que de 2000-3000 anos atrás, Jerusalém era o centro do mundo. ”

Fonte: MundoCristiano