Ideia serve para protestar contra distribuição de Bíblias em escolas públicas.

Templo Satanista diz que é a favor da separação entre Igreja e Estado.

 Capa do livro de colorir do Templo Satênico (Foto: Reprodução/The Satanic Temple)Capa do livro de colorir do Templo Satânico
(Foto: Reprodução/The Satanic Temple)

O Templo Satânico nos Estados Unidos, um grupo de pessoas que defendem a liberdade individual e o secularismo, decidiu protestar contra uma decisão do Conselho Escolar do Condado Orange, na Flórida, de permitir a distribuição de bíblias nas escolas públicas locais. Na segunda-feira (15), o grupo anunciou que vai imprimir e distribuir um livro de colorir e de atividades com temas pagãos e satânicos aos alunos do condado.

“Em resposta à decisão recente do Conselho Escolar do Condado Orange, na Flórida, que permitiu a disseminação de materiais religiosos nas escolas públicas, o Templo Satânico anuncia que vai seguir a regra e providenciar materiais satanistas aos alunos durante o novo ano letivo”, afirmou o grupo em um comunicado distribuído à imprensa.

O protesto aconteceu depois que outro grupo defensor da separação entre Igreja e Estado nos EUA ser proibido pelo conselho de distribuir panfletos sobre o tema, apesar de o mesmo órgão ter permitido que um grupo cristão evangélico distribuísse bíblias nas escolas.

No comunicado, o porta-voz do templo, Lucien Greaves, afirmou que o grupo é favorável a que qualquer formação religiosa seja proibida no ambiente escolar. “Acreditamos que nossos valores constitucionais sejam melhores servidos ao respeitarmos uma forte separação entre Igreja e Estado. Porém, se um conselho de escolas públicas vai permitir que panfletos religiosos e Bíblias inteiras sejam distribuídas aos alunos, então achamos que a coisa mais responsável a fazer é garantir que esses alunos tenham acesso a uma variedade de opiniões religiosas diferentes, ao contrários de observar passivamente que uma crença domine o discurso e entregue propaganda à juventude”, explicou ele.

A cartilha, batizada de “Grande livro satânico de atividades para crianças”, que já tem uma versão digital, traz atividades e brincadeiras conhecidas, como caça-palavras, o jogo das diferenças, ligue os pontos, desenhos para colorir e labirintos em papel. Porém, as brincadeiras têm como temas as imagens infantilizadas de Baphomet, o bode que representa o demônio, do cão Cérbero, guardião da entrada do inferno, e do pentagrama, a estrela de cinco pontas do paganismo.

Livro de colorir tem brincadeiras como o jogo das diferenças, mas com personagens do paganismo e do satanismo (Foto: Reprodução/The Satanic Temple)

Voz às religiões marginalizadas
O Templo Satânico é conhecido por seus esforços em chamar a atenção para aspectos da vida pública que têm o envolvimento de diferentes grupos religiosos. Em Oklahoma, por exemplo, o grupo tenta construir uma estátua satanista para contrastar com um monumento dedicado aos Dez Mandamentos do Cristianismo, afirmando que, se esse monumento não existisse, eles desistiriam da ideia de criar o seu próprio.

“Nós preferimos que as políticas públicas respeitem o secularismo, mas acreditamos que oportunidades como essa, de estabelecer uma voz igual para constrastar com opiniões religiosas na esfera pública, tendem a favorecer religiões alternativas, marginalizadas e menos convencidas”, disse Greaves.

“Estou certo de que todas as crianças dessas escolas na Flórida já sabe sobre a religião cristã e sua bíblia, e essa pode ser a primeira exposição que essas crianças terão da prática do satanismo. Acreditamos que muitos estudantes ficarão muito curiosos sobre o que temos a oferecer.”

A cabeça de bode do Belzebu é o tema principal da brincadeira de ligue os pontos, para formar o hexagrama pagão (Foto: Reprodução/The Satanic Temple)
A cabeça de bode de Baphomet é o tema principal da brincadeira de ligue os pontos, para formar o pentagrama pagão (Foto: Reprodução/The Satanic Temple)
 Fonte: Do G1, em São Paulo