Palestinos dispararam foguetes em direção ao sul de Israel e um agricultor de Gaza foi morto nesta segunda-feira, intensificando a tensão ao longo da fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza.

Três foguetes caíram na região de Ashkelon, no sul de Israel, onde 120 mil moradores vivem a 12 quilômetros da fronteira com Gaza, informaram autoridades. Foi um dos ataques de maior alcance desde o Ano-Novo. Não havia relatos de mortos ou feridos.

Israel frequentemente responde ao lançamento de foguetes com ataques aéreos contra posições ligadas ao Hamas, grupo islâmico que controla a Faixa de Gaza.

Médicos palestinos disseram que um agricultor, de 65 anos, foi morto por tropas israelenses perto da fronteira. O Exército de Israel, que adverte os palestinos a não se aproximarem da cerca fronteiriça, disse que não estava envolvido em nenhum tiroteio na área.

A violência aumentou nas últimas semanas ao longo da zona de fronteira, apesar do compromisso de Israel e dos membros do Hamas de trabalharem para evitar novos confrontos.

O Hamas, que controla Gaza desde uma breve guerra civil em 2007, disse no domingo que estava exigindo que grupos militantes menores cessassem o lançamento de foguetes.

Fonte: O Estado de São Paulo