Vácuo político e evangélicos ajudam verde a ganhar 1 milhão de votos em dois meses no 3º maior colégio eleitoral
Segundo o Datafolha, candidata tem 22% das intenções de voto no Estado, 9 pontos a mais que sua média nacional

Plínio Fraga

A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, ganhou mais de 1 milhão de votos no Estado do Rio de Janeiro em dois meses e empatou com José Serra (PSDB) entre os eleitores fluminenses.

O Rio caminha para, mais uma vez, destoar do resto do país ao votar. O crescimento verde pode ser explicado por um vácuo político em um eleitorado de 11,6 milhões de pessoas -o terceiro do país- bem informado e com forte presença evangélica.

Segundo o Datafolha, Marina tem 22% das intenções de voto no Rio -dez pontos percentuais a mais que em julho e nove pontos a mais que sua média nacional, de 13%-, o que representa mais de 2,5 milhões de eleitores.

No mesmo período, Serra perdeu oito pontos – tem 23% -, o que configura empate técnico com a candidata do PV, estando no Rio oito pontos abaixo de sua média nacional. A petista Dilma Rousseff é líder com 45% -quatro a menos que sua média nacional.

Na cidade do Rio, Marina atinge 24% dos votos contra 21% do tucano.

No Distrito Federal, Marina também está na frente de Serra (26% a 23%), mas nos dois casos estão tecnicamente empatados em razão da margem de erro de dois pontos percentuais.

Fonte: Folha de São Paulo