O presidente dos EUA, Barack Obama, chamou nesta quinta-feira o apoio a Israel de “sacrossanto”, e disse que quer o país mantenha a sua “superioridade militar”. Obama fez a declaração às vésperas de uma reunião com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

Os dois líderes devem se encontrar na segunda-feira, na Casa Branca, para discutir sobre o desenvolvimento do programa nuclear iraniano.

“Uma de nossas metas de longo prazo na região é ter certeza de que o compromisso sagrado que fazemos com a segurança de Israel não é apenas uma questão de lhes proporcionar a capacidade militar de que necessitam”, disse Obama. Os EUA também vão cooperar com Israel “para tentar trazer a paz à região, que pode ser duradoura”, afirmou o presidente. “E isso é um desafio”, acrescentou.

Durante a explanação de Obama, uma mulher gritou: “Use sua liderança! Nenhuma guerra no Irã”. Diante disso, o presidente sorriu e respondeu: “Ninguém anunciou uma guerra, mocinha. Você está se precipitando um pouco”. As informações são da Dow Jones.

Fonte: O Estadão