O Centro Americano de Direito e Justiça (ACLJ) e fontes do Irã confirmaram no sábado (3 de março) que o pastor iraniano Yousef Nadarkhani está vivo na prisão e que os boatos de que ele seria executado no fim de semana eram falsos.

Fotos apareceram no sábado na internet e mostravam o pastor iraniano de olhos vendados em frente a um local de enforcamento. Segundo a ACLJ, as fotos são falsas e não mostravam o pastor iraniano acusado de apostasia.

Embora Nadarkhani ainda esteja vivo, o ACLJ ainda acredita que os tribunais iranianos emitiram uma ordem de execução contra o cristão. No passado, o Irã não divulgaria a sentença e, simplesmente, jogaria o corpo do prisioneiro executado na porta de sua família.

Organizações que defendem os direitos humanos estão empurrando e pressionando a política internacional para que voltem sua atenção para o Irã, para que o pastor Yousef possa ser libertado.

Ao longo das últimas semanas, os Estados Unidos tomou uma postura mais agressiva quanto ao caso do pastor iraniano. Em 23 de fevereiro, tanto a Casa Branca quanto o Departamento do Estado americano pediram a libertação imediata de Yousef.

Continue orando pela vida do pastor Yousef Nadarkhani, acusado de apostasia e sentenciado a morte no Irã. Ore para que Deus continue cuidando e protegendo a vida desse cristão e também para que o testemunho de Yousef continue firme.

Fonte: Christian Post