Chuva

O acordo não envolve valores financeiros, mas o Município precisou se comprometer a investir em obras anti-enchente

por Leiliane Roberta Lopes

A Prefeitura do Rio de Janeiro não quer que as chuvas prejudiquem os jogos da Copa do Mundo que acontecerão na cidade.

Para impedir que natureza atrapalhe, o município tem convênio com a Fundação Cacique Cobra Coral (FCCC) uma entidade espírita liderada pela médium Adelaide Scritori. Adelaide afirma ter contato com o espírito de um índio norte-americano que supostamente teria poderes para interferir nos fenômenos meteorológicos.

Essa parceria com a prefeitura do Rio existe desde 2005 e através de suas habilidade espirituais a médium afirma “minimizar catástrofes que podem ocorrer em razão dos desequilíbrios provocados pelo homem na natureza”, segundo suas próprias palavras.

O site UOL, no especial Copa do Mundo, comentou essa parceria e conseguiu com a FCCC informações de que eles trabalharam para atuar no Carnaval para não chover durante os desfiles.

“Fomos chamados para atuar no carnaval do Rio. Os desfiles aconteceram no domingo e na segunda. O carnaval, por si só, não interessa à fundação. Qual o problema de chover no desfile? Mas pensamos em aproveitar a oportunidade para mandar chuvas para São Paulo, que está enfrentando problemas de estiagem. E foi o que foi feito”, disse Osmar Santos, marido de Adelaide.

A Fundação afirma que esse contrato não envolve valores financeiros, eles trabalham gratuitamente, mas a prefeitura precisa se comprometer a investir em obras anti-enchente.

Diversos países do mundo possuem acordo com a FCCC, Londres, segundo Santos, firmou contrato com eles em 2012. “Havia risco de chuva, mas fizemos uma intervenção. Em volta do estádio, só tinha nuvens negras, mas não caiu chuva na abertura. A chuva foi desviada para a Espanha, onde os agricultores estavam passando por um período de estiagem.”

O mesmo trabalho será realizado no Rio onde acontecerá o final da Copa do Mundo. “Vamos atuar no encerramento da Copa no Rio, com certeza. E, depois, nas Olimpíadas”, disse Osmar.

Fonte: Gospel Prime